11 outubro, 2008

Sentir-se amado


...Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. "Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho".

Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, tira este sapato."

Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.

Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo.


Martha Medeiros

6 comentários:

david santos disse...

Hola!
De acuerdo: yo te amo no diz todo.
Muchas vezes no diz nadie: es una mentira.
Gracias por compartir tu tan belo trabajo con nosotros.
Abrazos.

Oreste disse...

Ciao Linda, che bella che sei. Complimenti per il tuo lavoro.
Un bacio.

wilma disse...

concordo plenamente com seu poema!!!!!
o verdadeiro amor deve ser demonstrado,não apenas em palavras,mas em ações que comprovem que tal sentimento é real para ambas as partes.
beijosssssss!!!!!!!
parabéns pelo lindo blog!!!!!!

wilma disse...

temos que usar a frase:Te Amo,não como clichê,visto que é uma palavra com forte significado que muitos usam como se fosse uma palavra qualquer...
Eu adoro você...Te amo
Eu gosto tanto de bala...eu amo bala
Eu sempre gostei de andar de bicicleta...eu amo bicicleta
Eu gosto dele...eu amo ele
De modo que te amo só deve ser usado com sinceridade e quando existe verdadeiro amor,e de modo algum virar chiclete,que está na boca de todo mundo!

enaide disse...

Oi, Linda,, adoro os texto da Martha Medeiros, ela realmente sabe expressar o que nós mulheres sentimos, e concordo com ela temos sim que por para fora as nossas emoções e sobretudo saber lidar com os nossos sentimentos.
Beijos.
Paz e Luz no seu caminhar.
O seu Blog está poderoso de chique.

António Castanheira disse...

A imensidão do mar é arrasadora... transmite uma paz enorme...
Boa semana!
Um abraço, desde este lado do Atlântico.