24 outubro, 2008


Há dias em que estamos Sós...Mesmo acompanhados de multidão...
Mesmo sabendo que somos amados...
É um sentimento doído...É dor diferente
que arrasa com a gente...
É uma alegria sem luz
É um brilho apagado...
É solidão.Sem explicação...
Mais nada.

3 comentários:

wilma disse...

gostei muito desse,é lindo e foi a senhora q fez ne?????????
gostei gostei
queria mt escrever coisas assim tb...
beijossssssss

António Castanheira disse...

Bonito...
Sem dúvida, por vezes, temos sentimentos divergentes, contraditórios... um pouco inexplicáveis.

Boa semana.
Um abraço
António

O Profeta disse...

Há dias assim...apenas dias...


Doce beijo