18 fevereiro, 2012

Das coisas que eu sei II

Há coisas que não precisamos ter palpáveis para sabermos nossas.Estão entranhadas em nossa pele,em nossos cheiros,em nossas saudades.Não precisam de palavras ou explicações e no silêncio tudo traduzem. Das mãos do artista,poesia. Liberdade. Essência. Palavras mudas que falam por si. Palavras tantas que exalam saber e ser...No sentir.
Tela de José J. Ferreira - Galaxy II

11 comentários:

manuela baptista disse...

nossa, é a Lindinha!
tão palpável, sem o ser

tão perto, por ser tão longe


um beijo

manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Querida Amiga,

Há coisas que são nossas porque são:

Por exemplo, a amizade que nos une!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 19 de FRevereiro de 2012

Jaime Latino Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Néia Lambert disse...

O que não é palpável é o que de mais verdadeiro existe.

Beijos

. intemporal . disse...

.

.

. há coisas . que [nos] são inatas .

.

. como um sopro de dentro .

.

. ou o fôlego de uma vida inteira .

.

. um beijo meu .

.

.

Fernanda disse...

Um belo gesto e uma tela maravilhosa do amigo José Ferreira.

Beijinho

BRANCAMAR disse...

Olá Linda,

A arte é quase sempre essa mensagem silenciosa que tem tudo e que as palavras não traduzem. É ela que nos dá a dimensão do mundo, da vida e desse sentir de que falas, e nos está entranhado na alma, se assim lhe quisermos chamar.

Gostei muito.
Beijinhos

Saozita disse...

Querida amiga, das coisas que eu sei ( embora saiba, que nada sei, rsrsss , é que descubro em ti uma excelente comunicadora. Uma bela tela do José Ferreira, na arte podemos exprimir o que nos vai na alma.

Beijinhos

Sãozita

Mariazita disse...

Olá, Linda
Não sabia que já tinhas regressado.
Tive um problema no meu blog que deixou tudo (ou quase...) de pernas para o ar.
Aos poucos vou normalizando.
As coisas não palpáveis são as mais autênticas, mais genuínas, dispensam palavras para se manifestar.

Beijinhos

Ana Martins disse...

Ana, boa noite!
Na arte, está toda a sensibilidade e talento do artista. A prova disso, está aqui, na tela do José Ferreira, que não contendo texto algum, te diz tanto.

Beijinho, amiga!
Ana Martins

David C. disse...

Cierto.