25 janeiro, 2012

Das coisas que eu sei




Das coisas que eu sei
Sou eterna.
Levo comigo o conhecimento
E na volta,
Reconheço-me
Nas coisas que eu sei.
Trago na bagagem o essencial
E em cada paragem,
Adiciono-me
Nas coisas que eu sei.
Das coisas que eu sei
Nem mesmo sei.



Foto de meu arquivo-Lisboa/ museu da cidade

14 comentários:

Lusa Vilar disse...

"Das coisas que sei", se não me engano, estás em Lisboa. 'Das que eu não sei", incluo a beleza de escrever como tu escreves. Lindo o que postaste hoje por aqui. Um beijo, conterrânea.

manuela baptista disse...

Lisboa,

é das coisas boas que eu sei

e sem bagagem, chegamos nós a cada lugar

do coração, Linda

beijinhos

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Minha Querida Amiga,


Das coisas que eu sei é que vai deambulando por aí!


Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Janeiro de 2012

Néia Lambert disse...

Gosto da sensibilidade das suas palavras.

Beijos

Fernanda disse...

Linda, ainda cá?

Do que sabes não abras mão.

Beijo

. intemporal . disse...

.

.

. como se fora cofre . o relato e o legado . de uma vida inteira .

.

. um beijo meu .

.

.

Sonhadora disse...

Minha querida

Adoro passar aqui para a ler.
Em cada estação da vida nos redescobrimos.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Ana Martins disse...

Ana, amiga!
Das coisas que sabes, sabes tão bem e do que sentes expressas lindamente!

Beijinho e boa viagem, já perto a hora da partida. Quando chegares, assim que puderes, dá notícias.

Adorei conhecer-te pessoalmente!

Beijinho,
Ana Martins

Fernanda disse...

Eu só sei que nada sei de ti, amiga Linda.
Beijo

Lusa Vilar disse...

Linda, gostei do novo modelo do teu blog, ao que parece voltaste de Portugal renovada, até na escolha do designe do teu espaço dá para perceber. Fico feliz por ti, em saber que abraçaste Ana Martins pessoalmente, é maravilhoso fazer amigos. Beijos, querida conterrânea.

Graça Pereira disse...

"Das coisas que eu sei"...que tu escreves com alma e sentimento! Isso sim, eu sei!
Beijo
Graça

BRANCAMAR disse...

Lindo este poema e a imagem, que nos fala de uma das mais lindas cidades que conheço.

É a segunda vez que o leio, porque tenho andado a saltitar aqui e ali com pouco tempo para escrever e hoje voltei para pousar e saborear melhor.

Contente por a Linda se ter adicionado assim cá por este lado do Atlântico.

Beijinhos
Branca

Saozita disse...

Querida Linda, foi um prazer conhecer-te e estar contigo pessoalmente, assim como ao José.
Espero sinceramente, que quando cá voltares, possamos nos reencontrar.
Adorei este poema, muito bem escrito e sentido.

Bjs com amizade

Sãozita

Primeira Pessoa disse...

ah, essa liboa, feita de mágica e poesia.

portugal vive em mim.