19 abril, 2009

2 comentários:

O Profeta disse...

Mas um beijo às vezes
Faz parar o tempo em seu desvario
Arranca mil sentires à alma
Voa no celeste preso em terno fio

Liberta esta lava incandescente
Transbordante em teu peito palpitante
Dá-te as asas de um pássaro azul
Transforma o eterno em sublime instante



Bom domingo


Doce beijo

António Castanheira disse...

Olá, Linda!
Espero que esteja tudo bem contigo.
Pela minha parte, começa-se a aproximar o Verão, o tempo quente, sol, céu azul, praia... portanto, só posso estar a sentir-me cada vez melhor!
Felicidades!

Um abraço deste lado do mar.
António