10 dezembro, 2010

Natal


NATAL
Acontecia. No vento. Na chuva. Acontecia.
Era gente a correr pela música acima.
Uma onda uma festa. Palavras a saltar.

Eram carpas ou mãos. Um soluço uma rima.
Guitarras guitarras. Ou talvez mar.
E acontecia. No vento. Na chuva. Acontecia.

Na tua boca. No teu rosto. No teu corpo acontecia.
No teu ritmo nos teus ritos.
No teu sono nos teus gestos. (Liturgia liturgia).
Nos teus gritos. Nos teus olhos quase aflitos.
E nos silêncios infinitos. Na tua noite e no teu dia.
No teu sol acontecia.

Era um sopro. Era um salmo. (Nostalgia nostalgia).
Todo o tempo num só tempo: andamento
de poesia. Era um susto. Ou sobressalto. E acontecia.
Na cidade lavada pela chuva. Em cada curva
acontecia. E em cada acaso. Como um pouco de água turva
na cidade agitada pelo vento.

Natal Natal (diziam). E acontecia.
Como se fosse na palavra a rosa brava
acontecia. E era Dezembro que floria.
Era um vulcão. E no teu corpo a flor e a lava.
E era na lava a rosa e a palavra.
Todo o tempo num só tempo: nascimento de poesia.

Manuel Alegre

17 comentários:

Zélia Guardiano disse...

Maravilha de postagem, Linda!
O Natal visto de uma perspectiva sui generis...
Lindo, lindo!
Grande abraço, querida!

Graça Pereira disse...

Não conhecia este poema de Manuel Alegre e achei que era e é um Natal maravilhoso.
Feliz Natal para ti e um Ano Novo muito prometedor.
Beijo
Graça

HELENA AFONSO disse...

GOSTEI deste poema que não conhecia........belo e diferente este momento de poesia.......
beijinho e BOM NATAL, HELENA

Valquíria Oliveira Calado disse...

Lindo poema de natal, o espírito de amor irradia, é luz pros corações, beijos.

manuela baptista disse...

de um sopro
de um salmo

de um vento a cantar
desse lado do mar

será Natal!

mesmo se não nos podemos abraçar

um beijo, Lindinha!

manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Minha Querida,


NATAL


Quando o Natal acontecia
como se simples magia
nostágica liturgia
nascia o dia
renasce
e com ele a fantasia


Um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Dezembro de 2010

Carlos Gonçalves disse...

Linda, belo este poema de Natal de Manuel Alegre.
Não sou crente, mas comovo-me e respeito a fé, a crendice de todos, assim, querida Linda, desejo-te boas-festas, um Natal muito feliz...
Beijo de muito carinho.
Carlos

Lusa Vilar disse...

Olá, querida, belíssimo o poema que postaste aqui.
Que tenhas um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de realizações, muita paz e mauita saúde, juntamente com toda sua família.
Um beijo.

manuela baptista disse...

aqui gelamos...

mas já é Natal!

um beijo, Linda

manuela

Maria João disse...

Linda

O Natal é o que acontece, sempre que o desejamos e nisso, vai muito mais além, do som de todos os sinos e de todas as estrelas brilhantes.
Manuel Alegre é um excelente poeta, e uma referência na literatura poética deste país.

Um bom Natal e excelente Novo Ano
para ti.

Beijinhos

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Linda! Passando para desejar um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo pra ti e para os teus e dizer que foste muito feliz quando na escolha desse belo poema. Parabéns!

Beijos,

Furtado.

rouxinol de Bernardim disse...

Feliz Natal cheio de sol e com muito amor
Que 2011 preencha todos os desejos...

Enaide Alves disse...

Linda, minha linda!
tenhas um lindo natal
e vamos esperar um ano novo
que será bem vindo!

Minha amiga, passando para te desejar tudo de bom para você e os seus, um natal maravilhoso, um ano novo ainda melhor, e te agradecer por seus comentários sempre maravilhoso e que elevam a minha auto estima.
Feliz Natal!!

joanna f disse...

grande postagem. está linda.
sou a filha do josé, a joana :)
tenho saudades suas, beijinhos.
bom ano novo!

joanna weasrickger disse...

Wow, obrigada Ana!
Eu tambem sinto muitas saudades suas.
Boas festas para voce tambem!
Obrigada mais uma vez, beijinho grande!

MARCOS DHOTTA disse...

Caríssima!

Um ano novo Lindo pra ti, linda!

Beijos.

Ana Martins disse...

Boa noite minha querida amiga,
vim agradecer-te todo o carinho e penalizar-me por não ter aqui passado antes do Natal, mas acredita que me lembrei muito de ti.

Deixo-te um beijinho com votos de continuação de festas felizes, e que o Novo Ano seja pleno de alegrias e realizações. Muita saúde, paz e amor para ti e todos os teus,

Ana Martins