24 outubro, 2009

Diga lá, coração


São coisas dessa vida tão cigana
Caminhos como as linhas dessa mão
Vontade de chegar
E olha eu chegando!
E vem essa cigarra no meu peito
Já querendo ir cantar noutro lugar.

Diga lá, meu coração
Da alegria de rever essa menina,
E abraçá-la,
E beijá-la.

Diga lá, meu coração
Conte as estórias das pessoas,
Nas estradas dessa vida.
Chore esta saudade estrangulada
Fale, sem você não há mais nada
Olhe bem nos olhos da morena e veja lá no fundo
A luz daquela primavera.

Durma qual criança no seu colo
Sinta o cheiro forte do teu solo
Passe a mão nos seus cabelos negros
Diga um verso bem bonito e de novo vá embora

Diga lá, meu coração
Que ela está dentro em peito e bem guardada
E que é preciso
Mais que nunca
Prosseguir,
Prosseguir.

Espere por mim, morena
Espere que eu chego já
O amor por você...

*Composição: Luiz Gonzaga Jr.

5 comentários:

Everson Russo disse...

Belissimo, Gonzaguinha era muito bom, beijos querida e um lindo final de semana pra ti.

Ana Martins disse...

Que poema mais lindo, é bom vir até aqui e ler essas preciosidades.

Beijinhos,
Ana Martins

Anita "Menina-Flor" disse...

Linda essa música, tão nostálgica, romântica, boa escolha.

Bjs

Luis F disse...

Um hino de sentimeto... onde as palavras dançam em perfumes e aromas de grande beleza.

Parabens

Luis

G I L B E R T O disse...

Linda

Deu saudades do Gonzaguinha...

Estejas bem neste noite e em todas as demais!