15 outubro, 2009

Cristal




Cristalinamente
Olhar a vida,
Cristalinamente ter,
Estar
Todo brilho interno
Conhecer
Pra poder dar e receber
Toda a gama do prazer.

Cristalinamente
Olhar a vista,
Cristalinamente,
Ser, estar
Desvendar mistérios
e histórias,
Temores e sabores,
Degustando as sensações
Da beleza, cores,
Amizade,
Flor sã da grandeza
que existe no amor.
Clareza, calma,
qualidade,alma
Agudeza na procura
do melhor.

Fantástica viagem
até tocar o cristal de si.
Fantástica viagem,
viver o cristal de si.


Composição: Gonzaga Junior
imagem - internet

7 comentários:

António Castanheira disse...

Olá, Linda!

Desejo-te um bom fim-de-semana.
Disfruta da natureza, se puderes,
porque a natureza transmite-nos paz, tranquilidade, harmonia...

Um abraço
António

Ana Martins disse...

Repleto de brilho como um cristal este poema Linda!

Beijinhos,
Ana Martins

manuela baptista disse...

Para a Linda

apaixonada por música

uma pergunta: Gonzaga Júnior é o Gonzaguinha?

Um beijo

Manuela Baptista

O Profeta disse...

Corre assombração
Vai para outro mundo numa toada de vento
Afasta de mim este cálice
Deixa-me aprisionar a morte na vida por um momento

Deixa-me sentir com a alegria dos sentidos
Deixa-me acreditar no voo do por-do-sol
Deixa-me beijar as águas de um lago feliz
Deixa-me navegar sem rumo, perder o control



Mágico beijo

Graça Pereira disse...

Cristalinamente, amar a vida...
Um beijo.
Graça

Í.ta** disse...

a vida é frágil como cristal.

(Carlos Soares) disse...

Linda canção do Gonazaga. Ver a vida cristalinamente, na essência.Ótimo final semana beijos