21 julho, 2012

Não pensem que...

Não pensem que... Não pensem que vou desistir da vida, Só porque os dias me açoitam E as noites me agitam. Não pensem que vou desistir da vida, Só porque lá fora o mundo se atropela E a gente anda aturdida. Não pensem que vou desistir da vida, Só porque em Agosto choveu E o mar estremeceu. Não pensem que vou desistir da vida, Só porque os olhos do vento Se esbugalharam contra os meus. Não pensem que vou desistir da vida, Só porque o Gaio deixou de cantar E a seara não deu trigo maduro. Não pensem que vou desistir da vida, Só porque ser amigo demora E as palavras deixaram de ser sentidas. Não pensem que vou desistir da vida, Só porque desacreditaram os poetas E esqueceram as laranjas da madrugada. Não pensem que vou desistir da vida, Só porque uma árvore morreu queimada E a rosa murchou no umbral da tua casa. Não pensem que vou desistir da vida. Não pensem que vou desistir da vida. Sobra-me o espanto e tanto atrevimento. Maria José Areal
Faces- tela de Linda Simões Poesia de Maria José Areal

11 comentários:

David C. disse...

Excelente aliento.
Saludos
David

manuela baptista disse...

aqui

os gaios continuam a cantar


beijinhos Lindinha!

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Minha Querida,

Atreva-se a desistir da vida que eu digo-Lhe!!!

Beijíssimos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 21 de Julho de 2012

Linda Simões disse...

Amigos,

Achei esse poema da Maria José tão bonito,tão de acordo com a realidade mundial, que não resisti e postei.

Beijos, meus queridos.


Linda simões

Lusa Vilar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lusa Vilar disse...

Não, não pense mesmo que vou desistir da vida! Ela é maravilhosa, apesar de tudo... E até porque ainda existem pessoas como você, como poderei desistir? Nunca! Preciso viver para apreciar o belo, como esse, representado aqui nas mil faces que a artista Linda Simões pintou em tela. Parabéns, poetisa,pedagoga, artista, mulher que pinta o sete!

Zilani Célia disse...

OI LINDA!
ESCOLHA MAGNÍFICA.
PALAVRAS EM UM POEMA QUE SÓ MOTIVAM A CONTINUAR, MESMO ENFRENTANDO OBSTÁCULOS, POR MAIORES QUE SEJAM.
TEU QUADRO COM AS FACES, ESTÁ SOBERBO.
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Primeira Pessoa disse...

persistir, sempre.
a vida é cheia de cores.
como o quadro que ilustra a crônica-poema.

abração do

roberto.

Graça Pereira disse...

Desistir...como? Ainda há rosas a florir no meu jardim...
Beijos a quem canta e pinta a Poesia...assim!
Graça

Ana Martins disse...

Ana, minha amiga,
a tela está magnifica e este poema da Maria José Areal, é fabuloso, já o conhecia mas, reli-o com o mesmo entusiasmo da primeira vez.

Beijinho,
Ana Martins

Ana Martins disse...

Feliz Ano Novo, Ana!
Que 2013 seja o ano de todas as realizações.

Beijinho,
Ana Martins